3 de dezembro de 2012


FILTROS SOLARES- REGRAS DA ANVISA

1

Sim meninas já é dezembro, hoje por enquanto está nublado mas, se você é como eu e qualquer "frestinha" de sol lá esta você tentando pegar um bronze preste atenção nas dicas que vou dar agora.

 

Os produtos de proteção solar utilizados pela população brasileira ganharam novas regras a partir do meio do ano para garantir a proteção da pele dos usuários. Uma das principais mudanças é que o valor mínimo do Fator de Proteção Solar (FPS) que vai aumentar de 2 para 6 e a proteção contra os raios UVA que terá que ser de no mínimo 1/3 do valor do FPS declarado.

O FPS mede a proteção contra os raios UVB. O Fator de Proteçao UVA mede a proteção contra os raios UVA. Para tais comprovações, as metodologias aceitas pela Anvisa foram atualizadas e foi estabelecida uma metodologia específica para a comprovação contra os raios UVA, que até então não estava definida.

A resolução RDC 30/12, publicada em junho pela Anvisa também aumenta os níveis dos testes exigidos para comprovar a eficácia do protetor. Pela norma, alegações, como resistência à água, terão que ser comprovadas por metodologias específicas definidas no novo regulamento. Os fabricantes poderão indicar em seus rótulos as expressões "Resistente à água", " Muito Resistente à água", "Resistente à Água/suor" ou "Resistente à Água/transpiração", desde que comprovem essa característica.

Lembrando : um produto resistente a agua sofre perda de 30 a 50% de sua capacidade protetora apos uma imersao prolongada devendo ser repassado periodicamente.

A Anvisa tambem exigirá que os rótulos tenham algumas informações obrigatórias :

# Obrigatorio informar qual o FPS e qual o FP para UVA em todos os produtos.

# orientação sobre a necessidade de reaplicação será obrigatória para todos os produtos, mesmo aqueles mais resistentes à água;

# fica vedada qualquer alegação de 100% de proteção contra as radiações solares ou a indicação de que o produto não precisa ser reaplicado.

O prazo de adequações dos fabricantes à norma é de dois anos. A nova regra segue os novos parâmetros para protetores solares adotados em todo o Mercosul.

CABELOS SAUDÁVEIS


Use sempre um shampoo apropriado para seu tipo de cabelo e evite passar o condicionador na raiz.

 

Escova definitiva - tira o volume dos fios e tende a deixa-los com aspecto mais oleoso.

Lave os cabelos em horário mais quente do dia e nao prenda antes que sequem completamente. Cabelos presos e úmidos ficam mais oleosos, com tendencia a caspa e fungos.

Dormir de cabelo molhado - Alem de fazer mal para a saude (gripe, sinusite) ainda pode causar micoses e dermatite seborreica no couro.

 

Tintura não causa queda de cabelo.

 

A caspa é um problema cronico, geralmente familiar, que piora no inverno e com ansiedade.

Queda de cabelos é normal ate 100 fios por dia.

 

NO BLOG AMANHÃ VAMOS FAlAR DE TEATRO.

 

BEIJOS DA JÔ


 


 

 


 

1 comentários :